• Ubu Rei - Pocket
A peça precursora do modernismo

Dezembro de 1896. Estreia de Ubu Rei, em Paris. Após uma rápida apresentação feita pelo próprio Alfred Jarry (1873-1907), entra Ubu acompanhado de sua mulher, Mãe Ubu, ambos grotescos. Numa Polônia imaginária, Ubu mata o rei, usurpa o poder e inflige aos inimigos todo tipo de tortura, com o auxílio de instrumentos malignos, como uma máquina de desmiolar. Seguem-se mortes, pilhagens, cinismo e covardia, tudo sem meias medidas. Ubu, o primeiro anti-herói da história do teatro, totalmente mau em todos os sentidos, é um concentrado de maldade e violência. Ao mesmo tempo, é irônico, cínico, divertido e ridículo, um espelho grotesco da iniquidade da condição humana. Não à toa, o texto parodia Macbeth, de Shakespeare, além de conter claras referências a Hamlet e Rei Lear.

Após a curta temporada de apenas duas apresentações, a peça foi tirada de cartaz e reencenada somente um ano após a morte do autor. Absurdo e irracionalismo filosófico – pedras angulares da cultura do século XX – foram demais para os espectadores do fim do século XIX. Hoje um clássico, Ubu Rei marca também o início da modernidade no teatro, além de ser precursor do dadaísmo, do surrealismo e do teatro do absurdo. Bem menos escandaloso quase cem anos depois, sempre uma obra-prima.
Informações técnicas
Número de Páginas 144
Ano de Publicação 2022
Editora LPM
Autor ALFRED JARRY
ISBN 9786556662268
Comprimento (cm) 18
Largura (cm) 11

Ubu Rei - Pocket

  • Editora: LPM
  • Disponibilidade: Em estoque
  • R$27,90
  • R$17,52


Participe de nossas news com promoções e novidades!