• Antropologia e Filosofia: Experiência e Estética na Literatura e no Cinema da Amazônia
A obra é resultado da tese de doutorado do autor e estuda os livros Belém do Grão-Pará, de Dalcídio Jurandir, Altar em Chamas, de João de Jesus Paes Loureiro, e Os Éguas, de Edyr Augusto; e os filmes Um Dia Qualquer, de Líbero Luxardo, Ver-o-Peso, de Januário Guedes, Peter Roland e Sônia Freitas e Dias, de Fernando Segtowick. Os livros e filmes têm em comum a cidade de Belém do Pará e representam épocas diferentes e importantes da capital. O significado fundamental da pesquisa foi o de buscar uma real originalidade na abordagem sobre a Amazônia, neste caso, mais especificamente, sobre Belém do Pará. Unindo Antropologia e Filosofia, a partir, principalmente, das teorias de Clifford Geertz e de Walter Benjamin, o autor buscou uma nova possibilidade de se observar a cidade através da experiência social nela presente e da estética que a representa. A obra foi vencedora da edição de 2012 do Prêmio Professor Bendito Nunes, da UFPA.
Informações técnicas
Número de Páginas 280
Ano de Publicação 2015
Editora EDUFPA
Autor RELIVALDO PINHO
ISBN 9788524705229
Comprimento (cm) 24
Largura (cm) 17

Antropologia e Filosofia: Experiência e Estética na Literatura e no Cinema da Amazônia

  • Editora: EDUFPA
  • Disponibilidade: Em estoque
  • R$50,00
  • R$35,00


Participe de nossas news com promoções e novidades!