• HIV, seu portador e o tratamento anti-retroviral: implicações existenciais, O
A infecção pelo HIV é um fenômeno existencial. Ultrapassa questões de ordem biológica, tecnológica ou epidemiológica para envolver aspectos políticos, sociais, culturais e antropológicos que estão além da nossa compreensão contemporânea. Afeta não só os infectados, rompendo-lhes a linha da vida, mas mexe com nossos valores e tradições ao interferir na forma como vivemos e convivemos. Para nos explicar sobre isso, ninguém melhor que os portadores do HIV. Quem já recebeu um diagnóstico de infecção por esse vírus tem um saber a mais sobre a existência, o qual lhe serve de instrumento para administrar a ruptura provocada pelo próprio diagnóstico. Essas pessoas adquirem tal saber porque a ruptura que vivenciam faz com que experimentem simultaneamente, tanto no corpo quanto na alma, o conflito entre a vida e a morte, assim como a significação do bem e do mal. Quem presta assistência a pessoas infectadas pelo HIV precisa se aproximar desse saber para oferecê-las um cuidado centrado nelas mesmas e, portanto, mais humanizado e mais eficaz. Tal aproximação nos oferece subsídios para apoiar esses indivíduos em seu processo de reajustamento existencial a partir do impacto do diagnóstico e, consequentemente, ajudá-los no processo de adesão ao tratamento antirretroviral. Este livro expõe e discute as percepções de um conjunto de portadores do HIV sobre os significados e as representações da infecção por esse vírus e do tratamento antirretroviral, e sobre a forma como enfrentam esses fenômenos.
Informações técnicas
Número de Páginas 181
Ano de Publicação 2008
Editora EDUFSCAR
Autor BERNARDINO SOUTO
ISBN 9788576001362
Comprimento (cm) 21
Largura (cm) 14

HIV, seu portador e o tratamento anti-retroviral: implicações existenciais, O

  • Editora: EDUFSCAR
  • Disponibilidade: Em estoque
  • R$32,00
  • R$22,40


Participe de nossas news com promoções e novidades!